Macaquinho no Brincapé – Recreios I

O Brincapé Com Tralha já começou, uma vez por semana, na Escola Alexandre Herculano (Ajuda, Lisboa) e na Escola Raul Lino (Alcântara, Lisboa). Durante a hora do recreio de almoço há tralha para brincar com o apoio dos brinconautas. As turmas vêm por ondas, dados os turnos para almoçar. Entra quem quer, brinca quem quer. Não há uma actividade estruturada, não há propostas de adultos, nem dinamização de jogos. Há a imaginação, a alegria, a vontade de brincar com os amigos, há a vontade de descarregar emoções, de construir e de destruir, de negociar e de apanhar à força. Há o medo de ouvir o não e há a frustração de não perceber como se entra nas brincadeiras. As caixas de cartão, os pneus e os lençóis são lojas de música, lojas de tecidos, fortes, casas, pizzarias, estações de rádio. Um colete salva-vidas às vezes troca-se por um pneu, outras vezes por dois botões dourados. Um pato de plástico é um bébé, é um escudo, é um tesouro. O pneu de uma bicicleta é um arco, é a peça de uma jincana. As chaves velhas abrem portas, abrem brincadeiras, são tesouros que se trocam e são um segredo que foge nos bolsos das calças para a sala de aula. A cabeça de um chuveiro é um microfone, é uma baqueta, é uma arma de super herói. Às vezes tira-se sem pedir e outras vezes ajuda-se @s amig@s a procurar uma melhor alternativa. Às vezes o que parece um conflito é uma vontade de criar laços, de pertencer. Quando as crianças dirigem a sua própria brincadeira, elas podem ser tudo: uma vez o problema, outra a solução, uma vez o suor, outra as lágrimas, uma vez a força, outra vez a razão. Brincar permite às crianças experimentarem diferentes papéis, testarem diferentes estratégias diante de um problema que se repete vezes sem conta, desenvolvendo uma flexibilidade e uma capacidade de adaptação em relação ao ambiente que alimenta auto-confiança e resiliência. Este projecto é uma parceira entre o 1, 2, 3 Macaquinho do Xinês e a APSI – Associação para a Promoção da Segurança Infantil e é financiado pelo programa BIPZIP (Câmara Municipal de Lisboa).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s